Alimentação, Beleza

Celulite: elimine da forma mais eficaz

A solução que te darei aqui é realmente efetiva, porém o caminho não é fácil. Por que? Porque esse segredo é cuidar do que você coloca na boca. Esse é o caminho MAIS EFICAZ que existe! Se você seguir as recomendações a seguir, tenho certeza que suas celulites vão sumir ou pelo menos diminuir muito!

Mas não espere resultado em dias ou semanas. É algo contínuo, você deve fazer esse tipo de alimentação fazer parte da sua rotina, até porque além de eliminar a celulite ainda te faz ficar com a saúde blindada.

A celulite é uma inflamação e, por isso, a melhor forma de combater os temidos furinhos é manter uma alimentação com propriedades anti-inflamatórias. Vamos entender quem são os vilões e quem são os mocinhos.

OS VILÕES

1. O açúcar

O açúcar e todos os alimentos que contém açúcar são altamente inflamatórios, além disso, tem alto Índice Glicêmico (IG) que faz com que a sua glicemia (açúcar no sangue) aumente muito rapidamente, isso aumenta a sua produção do hormônio insulina, que faz o seu corpo acumular gordura (principalmente as localizadas).

2. As farinhas

A farinha de trigo é a pior (mesmo a integral), pois tem glúten, que é altamente inflamatório. Por experiência própria, quando como algo feito com trigo, fico bastante inchada e as celulites tendem a ficar mais aparentes, além de ficar muito indisposta, um DESASTRE TOTAL.

Eu diria para todas as pessoas testarem ficar sem glúten por duas semanas, pelo menos.. faz tão bem que é meio que tolice querer voltar a comer haha. Lógico que de vez em quando ele pode entrar, só não está presente todo dia na minha alimentação.

E NÃO, ABSOLUTAMENTE NÃO há nenhum risco para a saúde ficar sem trigo, não tem nada de essencial nele que poderá te fazer falta.

Não adianta querer fugir do glúten e ir atrás de biscoitos, macarrão e pão sem glúten, FAZEM MAL IGUAL, repare que TODAS as farinhas refinadas são ruins. Aí você me pergunta: então o que vou comer?? Bom, eu como raízes (mandioca, batata doce, inhame, mandioquinha) ou algum pão feito de farinhas gordas ou fibrosas (farinha de linhaça, de coco, de amêndoas, etc), tem a receita de um aqui.

3. Industrializados

Não coma nada que não seja alimento, não coma produtos que venham dentro de pacotes e que contém nomes estranhos na lista de ingredientes, porque ISSO NÃO É ALIMENTO. Esse tipo de produto é muito, mas MUITO inflamatório, lembra que estamos combatendo uma inflamação?? Aí aqui vai entrar tudo o que tem no mercado.

Você deve estar querendo me matar agora, “ai mas como que leva uma alimentação desse jeito, não sobra nada pra comer!!!” Antes de fazer essa pergunta, pare e pense: tirando isso que falei até agora sobra somente ALIMENTOS! Fomos feitos para comer alimentos, ué. Ou vai me dizer que pão, que foi feito com farinha e óleo altamente PROCESSADOS, é alimento??

Lembrando que temos que ter uma regra 80/20 para nossa alimentação, 80% do tempo comemos alimentos saudáveis e 20% comemos as exceções 😉 Sem crise!

 

OS MOCINHOS

1. Ômega 3

É um potente anti-inflamatório e tem o poder de ativar o nosso próprio mecanismo de destoxificação. A nossa alimentação errada (contendo muitos óleos ricos em ômega-6), desequilibrou a quantidade de ômega-3 no nosso corpo, por isso é bom suplementar.

O ômega 3 está presente em certos peixes como atum, salmão, cavala, arenque, sardinha e algas. E se for suplementar, atente-se a suplementos muito baratos, que podem ter pior qualidade.

2. Antioxidantes

Estão presentes nas frutas, principalmente as vermelhas e roxas e as oleaginosas (amêndoas, castanhas, macadâmia, nozes), também nas hotaliças, café, cacau e em muitos chás – boas opções são: dente de leão, hibiscus, cavalinha e chá verde.

3. Silício

Auxilia na reorganização da matriz intersticial, tecido adiposo e microcirculação, permitindo novamente o fluxo de nutrientes e o descongestionamento das toxinas. As principais fontes são: aveia, salsa, cavalinha, alfafa, folhas verdes, beterraba, extrato de bambu, algas marinhas. Você também pode usar suplemento de silício orgânico (exynutriment).

4. Musculação

Não há nada melhor para perder as gorduras do corpo quanto à musculação associada a uma boa dieta. A celulite fica aparente porque tem gordura sobrando ali. Exercícios como caminhadas, corridas e aulas mais aeróbicas são muito interessantes para a saúde cardiovascular, mas se você quer perder gordura e ganhar um formato bonito para o seu corpo, a musculação é a melhor opção.

Concluindo

A forma mais eficaz para melhorar a “casca de laranja” é basicamente manter uma alimentação anti-inflamatória na maior parte do tempo. Não é algo tão fácil né? Mas vocês espertos já sabem que tudo que é muito fácil, na verdade não funciona 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s